Veja como o plástico está sendo totalmente eliminado dos supermercados!

Quando as sacolas de plástico começaram a ser substituídas por sacolas recicladas nos supermercados, todos comemoraram. Foi o primeiro passo. Agora, é a vez das embalagens. Dezenas de supermercados ao redor do mundo estão aderindo à nova tendência. Leia e fique sabendo de mais uma ideia para resguardar o meio ambiente!  

Breve, o plástico será abolido de vez, porque faz mal para a natureza e para os seres vivos!

Com a gradual eliminação das sacolas de plástico, os aterros e outros ambientes, como ruas, leitos aquáticos e florestas, começaram a ficar desafogados. Mas, a guerra não está vencida. Falta mais!.

Por isso mesmo, o campo de batalha está se expandindo.

Muitas redes de supermercados começaram a adotar embalagens para seus produtos, recicláveis ou de vidro. O cliente, se preferir, pode levar sua própria embalagem, além das sacolas recicladas de sempre.

A venda é a granel, igual aos velhos armazéns. Por ser fracionada, ajuda a combater o desperdício de alimento, pois você compra apenas a quantidade que precisa. 

Alguns dos supermercados da Europa que já aboliram o plástico de suas prateleiras: 

Holanda

A primeira seção de supermercado totalmente sem plástico surgiu num supermercado de Amsterdã.

Os produtos são vendidos a granel, em embalagens ecológicas, como as feitas de folhas de palmeira ou bananeira, que possuem o selo “Plastic Free Mark”, certificando as mercadorias em novas embalagens.

Espanha

Em Barcelona, a tradição dos celeiros está dando lugar à reconversão do comércio varejista de alimentos em lojas ecológicas. O lance é a volta da venda a granel, como nos velhos tempos.  

Um supermercado que elimininou totalmente o plástico foi o Linverd Eco Market. Ali, produtos tradicionalmente vendidos em sacos de plástico, como arroz, macarrão e feijão, passaram a ser colocados em recipientes de vidro nas quantidades escolhidas pelo cliente.

Iniciativas populares se alastram país afora, como o movimento chamado “Cero Residuos” e o “Desnuda la Fruta”, que lutam não só pela eliminação do plástico, mas das bandejas de poliestireno.  

Petições pela eliminação total do plástico, patrocinadas pelo Greenpeace Espanha valem também para os hipermercados.

Reino Unido

Os varejistas de frutas e verduras que utilizam cerca de 40% de todas as embalagens de plástico do país, aderiram à campanha #PlasticFreeAisle.

Um dos mais famosos supermercados ingleses, o Iceland, maior varejista de comida congelada, será o primeiro supermercado britânico a eliminar as embalagens plásticas de todos os seus produtos. A meta é zerar até o final de 2023. Atualmente, mais 1.400 linhas de produtos da cadeia, são vendidos em embalagens recicláveis..

Por sinal, o Iceland se tornou o primeiro supermercado da Grã Bretanha a remover sabores artificiais e cores dos produtos de sua marca própria, além de ser um líder mundial na proibição de ingredientes geneticamente modificados.

Alemanha

Mesmo com a fama por ter adotado a onda verde e criado o processo de reciclagem, o país germânico tem a maior taxa mundial per capita de embalagens plásticas.  

    Recentemente, a União Européia baixou um decreto proibindo a utilização de pratos, talheres, copos e canudos de plástico, em todos os seus países-membros.  

    Brasil

    A Unilever, um dos maiores fabricantes de embalagens plásticas do mundo, declarou que até 2025, se compromete a a reduzir pela metade o uso de plástico virgem que fornece aos supermercados e outros estebelecimentos comerciais.

    Sua meta será eliminar mais de 100 mil toneladas das emebalagens de plástico, bem como promover maciça reciclagem do lixo plástico.  

    De acordo com o CEO da Unilever, Alan Jope“O plástico tem seu lugar, mas este lugar não é o meio ambiente. Só podemos eliminar o seu desperdício agindo rapidamente e adotando ações radicais em todos os pontos do seu ciclo. O ponto de partida é o design, que vai reduzir a quantidade de plástico que usamos e garantir que o material utilizado seja cada vez mais proveniente de fontes recicladas.”

    Muitos supermercados continuam utilizando sacolas de plástico, o que ainda incomoda os ambientalistas! 

    Em torno de 9 bilhões de toneladas de plásticos primários (virgem) e secundários (reciclado) já foram fabricados desde a invenção do plástico. 

    Dados sinistros...

    De acordo com o World Wide Fund for Nature  (WWF), o ranking dos maiores produtores de lixo plástico do mundo, é o seguinte, pela ordem:

    1. Índia

    2. China

    3. Estados Unidos

    4. Brasil

    Do total produzido de lixo plástico que esses países produzem, a reciclagem chega a apenas 1,2%, ou cerca de 145 mil toneladas. 

    Ainda existem dúvidas sobre a a eficácia da reciclagem do plástico

    Para a Diretora Executiva da Plastic Oceans Foundation, Julie Andersen, "Como o plástico reciclado cobre apenas 6% da sua demanda total na Europa, fica claro que sua reciclagem não é a saída para o problema!".

    A dedução é simples: eliminação integral e irreversível de todo o plástico existente no mundo. Para o bem do planeta e de seus habitantes! 

    Quanto menos plástico no mundo, melhor será a vida de todos e a natureza agradece, assim como uma de suas parceiras, a Greenco. Confira aqui os produtos sem plástico! 

    Leia também: ESTARIAM OS PLÁSTICOS COM OS DIAS CONTADOS? HORA DE MUDAR? - A GARRAFA DE PLÁSTICO NÃO DEVE SER REUTILIZADA, PORQUE PODE FAZER MAL À SAÚDE! - COM O FIM DO CANUDINHO DE PLÁSTICO, VEM AÍ, O CANUDO BIODEGRADÁVEL! - A BACTÉRIA QUE COME PLÁSTICO VAI AJUDAR O MEIO AMBIENTE!