Conhece as roupas feitas de cânhamo? Essa é a hemp fashion!

Em vez de ficar discutindo a descriminalização da maconha, venha conhecer a roupa feita de cânhamo, também conhecido como hemp. A planta é resistente às pragas. Seu crescimento requer pouca água. Por isso, sua produção é sustentável. Chega mais e curta a hemp fashion!

Das fibras do cânhamo ou hemp, surgem um tecido de qualidade e durabilidade!

A planta é composta de fibras da espécie cannabis sativa. Sua plantação produz mais fibras por hectare do que o algodão ou linho. Tem outra: na fabricação de têxteis, suas fibras podem ser misturadas com outras fibras orgânicas, tipo, linho, algodão ou seda!

A fabricação do tecido feito de fibras de cânhamo ou hemp, tem 2 etapas:

  1. Separar as fibras da casca através da chamada "maceração"
  2. Girar as fibras de forma conjunta, a fim de produzir um fio contínuo que se transforma numa única peça.

Sabe por que é praticamente impossível ficar doidão com a roupa de cânhamo?

Porque o nível de THC, a substância química que resulta nos "efeitos psicodélicos" da maconha, é muito baixo! Ainda por cima, o tecido contém uma outra substância química chamada CBD, que bloqueia a eficácia alucinógena do referido THC. 

O cânhamo é resistente às pragas e seu crescimento requer pouca água. O tecido à sua base é hipoalergênico e não-irritante para a pele! Super-resistente e ainda é capaz de auto-regular a temperatura, ficando fresquinha no verão e quente no inverno!

Um pouquinho de história para você ficar por dentro!

O pano mais antigo que se tem notícia, era feito de cânhamo e data de 8.000 A.C., na região onde ficava a Mesopotâmia. Os fenícios também usavam o tecido feito das fibras do cânhamo para cobrir as velas.

Dessa mesma constituição, eram os cabos e os panos das velas, utilizados pela maioria dos navios que transportavam os exploradores europeus. Outra: as telas das pinturas de grandes pintores, como Rembrandt, Van Gogh, também eram feitas de lona de cânhamo!

Na década de 1920, o cânhamo foi utilizado para fazer 80% de todas as roupas da época! O hemp foi importante até na Segunda Guerra Mundial, pois era a matéria-prima da maioria dos uniformes militares americanos.

A tradicionais calças da Levi Strauss eram feitas com pano à base de hemp!

Porém, a aplicação de hemp de uma forma geral, começou a partir de 1994! Foi o ano de fundação da Hemp Traders, a maior fornecedora de produtos de cânhamo da América do Norte.

Lawrence Serbin, presidente e dono da empresa, descobriu a utilização do hemp no vestuário e em outras áreas. Por ser resistente aos raios ultra-violeta, as roupas de hemp são hiper-absorventes!

Por isso, o tecido consegue reter a tintura mais do que os tecidos normais.Essa é uma boa pegada para as estamparias e, claro, para os compradores! No Brasil, discute-se a criação de uma agência reguladora para controlar a plantação, fabricação, e comercialização de todos os derivados do cânhamo.

A Greenco possui uma coleção imperdível de camisetas à base de hemp! Confira aqui e curta esse barato também!