Conheça as diferenças do algodão orgânico e sustentável! Vista-se bem, fazendo o bem!

Roupas feitas com tecido de algodão, são famosas por serem confortáveis. Com o surgimento do algodão orgânico e do algodão sustentável, ficou melhor ainda, pois, além de vestir bem, você vai estar ajudando ao meio ambiente! Conheça as diferenças e os benefícios! 

A fabricação do algodão orgânico ou sustentável exige o comércio justo, o "fair trade", uma forma de comercialização, a partir da relação justa entre empregados, patrões e consumidores!

Um estudo que foi feito com base no histórico dos 5 maiores produtores de algodão orgânico do mundo, Índia, China, Turquia, Tanzânia e EUA, indicou que a sua produção, além da economia de água, permite considerável redução na emissão de gases, beneficiando o ecossistema desses locais.

No plantio de algodão convencional, a aplicação de resíduos tóxicos é alta. Isso acontece tanto no início do processo de tecelagem, como na lavagem das fibras e no tingimento.

Estratégias especiais são adotadas no plantio do algodão orgânico e algodão sustentável

Uma das estratégias mais eficazes é a catação dos botões florais caídos ao solo. As pragas, como o bicudo, se alimentam desse botão floral e as fêmeas depositam os ovos dentro deles, fazendo com que caiam no chão. 

Se o produtor não destruir o floral que está no solo, a larva do bicudo vai se desenvolver, virar um inseto adulto e atacar a lavoura. Campina Grande é a cidade brasileira onde mais se produz  algodão orgânico. Seu ambiente semiárido, facilita o cultivo!

Apesar do crescimento da produção, em termos absolutos, ela é ponderada e modesta em comparação ao algodão convencional. Isso agrada aos seus produtores. 

Tipos de tecidos feitos de algodão

ALGODÃO ORGÂNICO

  • Não leva agrotóxicos, de pesticidas e de químicos nocivos na sua fabricação e utiliza pigmentos naturais para o tingimento das camisetas.
  • Suas plantações utilizam o sistema de rotação de culturas, que proporciona uma pegada hídrica mais baixa, menos emissão de gases poluentes e menor acidificação do solo e eutrofização.
  • Para combater pragas, a plantação de algodão orgânico usa recursos da própria natureza, como inserir espécies predatórias benéficas para plantas ou então, coloca outro tipo de planta que seja mais atraente para atrair as pragas. Depois, as ervas daninhas são retiradas manualmente.
  • Na produção do algodão orgânico, não existe desperdício de água, porque ela é reaproveitada. O uso de cera de abelha substitui a graxa de parafina e os produtos químicos não são utilizados durante a produção. Tudo isso diminui a emissão de poluentes e problemas de saúde.  

ALGODÃO SUSTENTÁVEL

  • O algodão sustentável da Greenco, por exmeplo, é certificado pela BCI (Better Cotton Initiative), que avalia e certifica produtos feitos com algodão e que respeitam as normas globais de produção.
  • Para conquistar o certificado, é necessário cultivar com redução de insumos químicos, corantes sustentáveis, menor consumo de energia no ciclo produtivo e baixo consumo de água. Resumindo? O planeta agradece demais.

A grande diferença entre o algodão orgãnico e sustentável, com o tradicional é a maciez mais acentuada do tecido: você pode sentir na pele: toque macio e ainda mais conforto.

O grande responsável por essas qualidade, é o óleo extraído da casca de arroz, o RR (Rice Recycle). O RR é um amaciante têxtil natural que busca minimizar os impactos ambientais e proporciona boa capacidade de transpiração.

Resumo dos benefícios:

  • Sem utilização de pesticidas: as pragas são combatidas com a inserção de espécies predatórias. Utilizam também outros tipos de plantas mais atraentes para esses insetos
  • Colheita: as ervas daninhas, se encontradas, são retiradas manualmente
  • Relação justa entre trabalhadores: graças à fair trade, os trabalhadores participam dos lucros
  • Ecofriendly: a redução do uso de pesticidas e fertilizantes, fazem do algodão orgânico uma fonte sustentável
  • Absorvente de umidade: o algodão orgânico, devido às suas propriedades naturais, absorve a cor do corante natural
  • Roupas orgânicas livres de toxinas: a roupa, seja vegana ou orgânica, é antialérgica e não prejudica peles sensíveis como as dos bebês
  • Economia de água: a água utilizada na indústria, durante a produção, é reaproveitada e tratada, reduzindo o desperdício de água

Viu como é legal usar roupas feitas de algodão orgânico ou sustentável? Confira agora as camisetas e vestidos da GREENCO!