A garrafa de plástico não deve ser reutilizada, porque pode fazer mal à saúde!  

A garrafa de plástico só deve ser usada uma só vez, porque, além de não ser nada legal para o meio ambiente, faz mal para a saúde. E poucos sabem disso! Para evitar reabastecer sua garrafa, a melhor saída é a velha garrafa térmica de alumínio!

Se a garrafa de plástico for reutilizada, vira um poderoso foco de doenças, por acumular germes!

O local onde mais junta micróbios numa garrafa de plástico reusada, é a  tampinha. 

Como a garrafa de plástico é um ambiente úmido e fechado, é local perfeito para a proliferação de bactérias. Além disso, o calor colabora ainda mais para a geração de germes e dos componentes químicos do plástico. 

A explicação é que, com o aumento das temperaturas, as ligações químicas do plástico começam a degradar-se, aumentando a chance de contaminação.

No Brasil, como em outros países onde se tem a manian de beber água em garrafa de plástico, os impactos no meio ambiente são muitos.

Impactos decorrentes do reuso da garrafa de plástico:

  • Impacto animal

A maior parte do plástico descartado nos oceanos, se trata de garrafas de plástico. Além dos sacos plásticos não biodegradáveis, é o que mais polui as águas marítimas. O resultado é, como todos sabem, desastroso! O pior é que, frequentemente, esse plástico termina na parte inferior do oceano, quando não nos estômagos dos animais marinhos!

Só para ilustrar o tamanho dessa tragédia, um albatroz, encontrado morto em uma ilha havaiana, tinha no estômago, exatamente 119 tampas de garrafa! Em síntese, aA vida marinha é presa fácil desse tipo de desastre que acontece quase diariamente. 

  • Impacto ambiental

A garrafa de plástico é feita a partir de um produto de petróleo conhecido como tereftalato de polietileno (PET), que demanda grande quantidade de combustível fóssil não só para o fabrico, como também para o transporte. 

Para você ter uma rápida noção da quantidade de óleo gasta nessa fabricação, encha uma dessas garrafinhas (tamanho médio) com 25% de água. Depois, multilique essa quantidade pelo número de garrafas de plástico fabricadas no mundo inteiro!

Existem especialistas que recomendam a destruição total da garrafa de plástico, após o consumo.

O problema é que, se cortada em micro-pedaços, o material da garrafa de plástico, continuará poluindo, pois vai continuar levando mais do que uma vida humana para se decompor. 

A solução de imediato, para reduzir um pouco os estragos da garrafa de plásico, é reduzir o consumo, não reutilizar e reciclar o material, entregando para firmas especializadas em reciclagem. 

Pratique os "3 R" 

Reduzir

  • Evite beber água em garrafa de plástico. Opte pelas garrafas de vidro, alumínio ou de cerâmica.
  • Faça uma pesquisa. Não se deixe enganar por propagandas que dizem que a água engarrafada é mais pura ou mais segura do que a do seu filtro ou da torneira. Se você estiver preocupado com a pureza dessa água, peça uma relatório de qualidade à empresa que fornece água na sua região. Essa exigência deve ser feita periodicamente.  

Reutilizar

  • A reutilização da garrafa só deve ser feita se o seu material for de fato reciclável, Verifique se o material é reciclável, ou seja, produzido com a mesma matéria prima dos canudinhos biodegradáveis ou copos plantáveis.. 

Reciclar

  • Você sabia que a garrafa de plástico pode virar tijolos? Existem, ainda, outras alternativas, como a roupa de pet reciclado!

Na Greenco, a camiseta feita de pet reciclado, é o maior sucesso! O tecido é sedoso, confortável e super chique. Confira aqui e escolha a sua camiseta favorita!