22 de outubro foi dia do enólogo! Que tal tomar um copo de vinho por dia?

O dia 22 de outubro foi escolhido para homenagear o enólogo, o cara reponsável pela escolha do melhor vinho para você beber, se divertir e colher seus benefícios incríveis! Leia mais e fique por dentro do quanto um copo de vinho diariamente faz bem para sua sáude! 

O enólogo é o profissional responsável pela elaboração completa do vinho e, por isso, precisa ser profundo conhecedor da terra do plantio e das vinhas

Etapas que o enólogo deve passar para a elaboração da bebida:

  • Blend é o processo de mistura de vinhos bases.

  • Produção dos rótulos (antes das uvas serem plantadas).

  • Análise do solo para plantio das videiras.

  • Tipos e métodos de irrigação.

  • Escolha das mudas e da técnica para plantar.

  • Tipo de poda.

  • Modalidades de colheita.

  • Controle de qualidade do vinho.

  • Engarrafamento da bebida e comercialização

Após finalizada a fase da colheita das uvas, o enólogo é quem define as técnicas de vinificação, os cortes (mistura de castas), o tempo de amadurecimento e o momento certo de o vinho ir para o mercado. 

O prazer da assimilação e, sobretudo, o poder de se inebriar com o "líquido odoroso", como alguns escritores dizem, são completamente removidos do processo de julgamento.

O método é uma espécie de ilusão de objetividade entre o juiz e o julgado e se trata de um modelo científico que ressalta a importância da análise. O "gosto" da degustação é um paradigma baseado na suposta neutralidade da não participação à distância.

Nicolas Labenne, diretor técnico na vinícola francesa Jean-Michel Cazes e membro da Associação dos Enólogos de Bordeaux, fez uma interessante revelação: “Em época de colheita, a função do enólogo é provar o conteúdo de cada tanque diariamente. Na fase de mesclas, após o período de fermentação, são entre 40 e 60 degustações por dia. Além disso, há sessões técnicas periódicas em que experimentamos, às cegas, rótulos da concorrência, além dos nossos”.

Sommelier, o cara que dá o toque final

O sommelier é o profissional que trabalha nos restaurantes, bares e lojas do segmento, elabora a carta de vinho, sendo responsável pela compra e recebimento das marcas de acordo com a categoria local.

Baco, o deus

Baco, na mitologia grega, é filho de Júpiter e da mortal Sêmele, considerado o deus do vinho, representando o estado de torpor provocado pelo vinho, além de ser o promotor da civilização, legislador e amante da paz.

Como o vinho começou a ficar famoso:

  • Egípcios: começaram a "dar moral" ao vinho porque este era bastante consumido em suas resenhas e rituais. As celebrações, além da vinificação, foram registradas em pinturas e documentos.
  • Gregos: foi a gelera que começou a produzir o próprio vinho com plantações de videiras por toda a Europa.
  • Romanos: foi a turma que realmente "embriagou" o continente europeu a partir da Sicília, Península Ibérica (Espanha), Bretanha (Inglaterra) e Germânia (Alemanha).
  • Franceses: foi na Gália (França) que o vinho bombou de vez, sendo consumido principalmente nas tabernas! A bebida se tornou o "trago" predileto dos legionários e gladiadores gauleses.  

10 benefícios de um copo de vinho por dia

  1. Aumenta antioxidantes - Um copo de vinho tem antioxidantes: polifenóis, flavonóides e resveratrol. Sua função é proteger as células e tecidos contra ataques externos, além de reduzir a obesidade e as chances de contrair gripes e resfriados. 

  2. Aumenta o colesterol "bom" - Ajuda a limpar o LDL (mau colesterol), reduzindo a quantidade de resíduos de gordura que podem entupir as artérias. 

  3. Diminui o risco de doença cardíaca - Estudos epidemiológicos feitos pela AHA (American Heart Association), concluiu que um copo de vinho diário é excelente para reduzir a incidência de doenças coronarianas em, aproximadamente, 20%. 

  4. Diminui o risco de ataque cardíaco - Uma pesquisa feita nos Estados Unidos, analisou durante 12 anos, mais de 30 mil bebedores de um copo de vinho por dia. No resultado, constatou-se que  esses reduziram as chances de ataque cardíaco em até 32%, com relação aos não-bebedores. 

  5. Reduz o risco de AVC (Acidente Vascular Cerebral) - Uma dose diária de 150 ml de vinho está associada à diminuição de doenças isquêmicas. 

  6. Bom para o seu intestino - Estudos publicados na revista Gastroenterology, mostraram que o copo de vinho diário produz no organismo uma importante diversidade de bactérias. Quanto mais diversificada a flora intestinal, melhor para a saúde.

  7. Reduz o estresse e a ansiedade - O vinho diário, é um excelente remédio contra depressão e ansiedade. A quantidade de 150 ml/dia bloqueia a enzima ligada à produção de substâncias que alimentam essas emoções.   

  8. Diminui o risco de ter diabetes e cálculos biliares - O vinho diário ajuda a reduzir a chance de adquirir o diabetes, tipo 2, em 30%! O mesmo acontece com relação aos cálculos biliares.  

  9. Baixa o risco de ter doenças neurológicas -  Daquelas "doenças cerebrais" mais conhecidas, como o Alzheimer e o Parkinson, o vinho reduz a chance delas acontecerem. O efeito é decorrente do aumento da capacidade intelectual. Vale ainda mais para as mulheres, chegadas num drinque esperto. 

  10. Combate a insônia - Cientistas italianos descobriram que certas variedades de uvas contêm altos níveis do hormônio melatonina. Isto explica porque o consumo moderado de vinho, provoca um soninho manero e agradável!

Além da fama de afrodisíaco, o vinho é um poderoso "detector de mentiras"!

Essa fama de "revelar segredos", fez com que fosse cunhada uma frase famosa em latim: "In vino veritas" que significa,“no vinho está a verdade”. Diz a lenda que o álcool do vinho "libera" o bebedor que começa contar as verdades que ocultava!

Por isso, o legal é curtir diariamente um bom copo de vinho, acompanhado de tira-gostos à altura da classe do momento!  

Para o bom astral, além do vinho certo na hora certa, confira aqui as camisetas sugestivas da Greenco! Saúde!